September 30, 2020

Você pode mudar sua vida

Escrito por: Angela Guidoni

Fiz o curso de primeiro nível de Estimulação Neural... confiei no que meu corpo e meu interior sentiam e então fiz o segundo nível e depois o terceiro

article preview

Meu nome é Angela, tenho 41 anos e sou enfermeira.

Tive contato com a associação Mãos Sem Fronteiras há muitos anos, pode ter sido em 2003, absolutamente por acaso: uma amiga que conheci na época ofereceu-me para participar de um curso na casa de uma conhecida dela. Eu perguntei o que era, ela me disse que era para o meu bem-estar e simpaticamente me incentivou a participar.

Foi um curso de primeiro nível para aprender Estimulação Neural; lá também pratiquei meditação pela primeira vez.

Na época, eu tinha cerca de 24 anos e estava em pedaços. Há cerca de 8 anos sofria de bulimia, uma doença terrível que dilata o vazio interior, o que me torna cada vez mais frágil e insegura, o que me deformava tanto psicológica como fisicamente. Eu era escrava da comida, mas não conseguia me livrar dela; apesar de ter feito enormes esforços para sair dela nos últimos anos, a vontade não foi suficiente. Eu não consegui fazer isso. Eu já tinha começado o tratamento com psicoterapia, assim que pude fui dar uma caminhada para desabafar e ficar o máximo possível fora de casa, também comecei a trabalhar, o que me ajudou muito, mas não foi o suficiente.

menina com ansiedade em preto e branco

Então fiz o curso de primeiro nível de Estimulação Neural. Os tratamentos me reequilibraram e meditamos. Já no dia seguinte me senti melhor. Pratiquei meditação com disciplina e constância todos os dias porque entendi que isso me acalmava. De vez em quando eu fazia algum tratamento. Sem me fazer muitas perguntas, confiei no que meu corpo e meu interior sentiam e então fiz o segundo nível e depois o terceiro. E fui definitivamente curada daquele horror que é a bulimia.

Não sei o que aconteceu exatamente, nem quando, tudo aconteceu naturalmente: meu espírito sarou e minha obsessão por comida sumiu. Obviamente foi o início de uma viagem porque eu ainda tinha dificuldade para comer em paz, o corpo teve que se acostumar com diferentes níveis de açúcar no sangue, eu estava lutando para dormir, no plano psicológico, emocional, tinha tudo para reconstruir, segurança, autoestima ... Mas finalmente eu estava em um ponto de inflexão e pude melhorar minha condição.

mulher meditando

Desde então não abandonei nem a técnica nem a meditação, elas me acompanham no dia a dia, tornaram-se um baluarte, uma referência. Se tenho preocupações, algo que me alarma ou me deixa ansiosa, eu medito mais. Os benefícios da meditação são enormes, todos deveriam praticá-la. Se tenho alguma dor, sinto cansaço ou por exemplo um resfriado, trato-me com os centros vitais mais adequados e assim resolvo muitos pequenos problemas todos os dias. A minha qualidade de vida melhorou e consigo responder de forma adequada aos pedidos de trabalho, família, companheiro.

Minha vida graças à Estimulação Neural mudou totalmente. Para o melhor.

Se por acaso você está se perguntando se eu ainda poderia curar sem a técnica e os tratamentos, a resposta é NÃO, estou absolutamente convencida, pelo menos a curto e médio prazo.

Convido a todos a refletir sobre sua condição: pergunte-se se por acaso você não quer dar uma mudança positiva em sua existência, melhorar seu humor e sua saúde, se sim, agora você sabe que existe uma técnica maravilhosa que pode te ajudar faça acontecer.

Angela sorrindo sob o sol

Junte-se à nossa rede de escritores e comparta seu conhecimento em nossa plataformaContribuir
Escreva seus comentários