December 08, 2020

Recuando

Escrito por: Andreana Demontis

Chega o dia do batismo no Jordão e assisto com diversão ao desfile de quem vai receber o batismo da Jardinera; não vou lá, acho, aí, quase no fim, eu entro na fila também, o que estou perdendo? Quero verificar se tenho sentimentos diferentes.

article preview

O telefone toca e vou atender:

"Alô, Sra. Demontis?"

"Sou eu, com quem estou falando?"

"Eu sou o Dr. M., você fez uma mamografia em nosso centro ontem?"

"Sim"

"Você pode vir? Tenho que falar com você”

“Você não pode me dizer no telefone? Você sabe, eu estou na banca examinadora para o certificado de conclusão do ensino médio ... "

"Não senhora, tenho que falar contigo"

"Ok, peço uma hora de licença"

"Vou esperar".

O telefonema incomum me deixa um pouco ansiosa, mas vou ouvir o que é.

O veredicto é difícil de aceitar também porque nunca tive quaisquer sintomas.

Rapidamente faço as verificações exigidas de acordo com o protocolo e me colocam no calendário de intervenções urgentes, é um tumor particularmente agressivo.

Depois da cirurgia, seguem diariamente a radioterapia e a quimioterapia, o que me põe à prova.

Em abril de 2016 uma pessoa me pergunta se eu quero ir a Jerusalém, em peregrinação, com um grupo chamado Mãos Sem Fronteiras.

Sempre gostei de viajar e decidi inscrever-me mas, quanto à peregrinação ... Não sou crente, não faço uma oração há mais de 40 anos e não vou à igreja a não ser em ocasiões especiais e por respeito humano, certamente não por anel de noivado; que se dissolveu nas dores que a vida reservou para mim.

Ser turista e participar de eventos em grupo me provoca fortemente.

Em Jerusalém decido fazer os cursos de 1º, 2º, 3º níveis e no final do 3º La Jardinera, fundadora do grupo, me manda uma mensagem através de um professor e também me manda um brinde com as devidas instruções.

Naquele ano havia muita gente de todo o mundo e certamente não esperava que ela soubesse da minha presença e do meu estado de saúde.

A viagem continua e ouço as suas falas que são sempre muito interessantes e quase sempre concordo, num caso não.

jordan

Chega o dia do batismo no Jordão e assisto com diversão ao desfile de quem vai receber o batismo da Jardinera; não vou lá, acho, aí, quase no fim, eu entro na fila também, o que estou perdendo? Quero verificar se tenho sentimentos diferentes.

Sinto a água escorrer de suas mãos e molha minha cabeça e ombros, estou vestida de branco como as outras, mas quando saio da água não sou mais a mesma de antes.

Aquele batismo foi o começo de uma nova vida, caíram as paredes ciclópicas que eu havia construído para me defender da dor que periodicamente me atacava; estou falando sobre dor moral e espiritual, não dor física.

Aprendo a meditar com o app. que facilita o exercício e rapidamente se torna uma necessidade diária junto com a estimulação neural.

O reequilíbrio do sistema nervoso me dá força e energia para continuar mesmo com as terapias medicamentosas e para suportar os efeitos colaterais pesados.

Frequentar os outros cursos abre uma visão de vida que eu sentia, mas da qual não tinha consciência.

Aguardo com expectativa as mensagens da Jardinera, leio-as e releio-as e encontro-me na maior parte dos seus ensinamentos, dos quais partilho o aspecto moral, educativo, o amor pela natureza em todas as suas manifestações, o amor pelos jovens em geral (esse aspecto eu acho que é a deformação do professor que ainda está em mim).

Muitas outras coisas que eu compartilho e tenho muito que aprender ...

A certeza de que Jardy desempenhou um papel fundamental na minha recuperação do tumor amadureceu em mim e por isso lhe agradeço, mas, acima de tudo, agradeço a ela por ter mudado suavemente uma vida que morria de tristeza e por ter me ensinado novamente a ter esperança.

jerusalem

Procuro colocar em prática sua mensagem de 22 de junho de 2020: Aceitação, obediência e amor! Tenho que trabalhar muito para a aceitação, não é fácil para mim e ainda me revolto diante das injustiças e dos problemas, principalmente os que dizem respeito aos meus filhos.

Tenho um grande desejo: me tornar servidora da Servidora.

Junte-se à nossa rede de escritores e comparta seu conhecimento em nossa plataformaContribuir
Escreva seus comentários