March 10, 2021

Dar sentido às nossas vidas

Escrito por: Claudia Peralta

Ser voluntária tem trazido grandes benefícios na minha vida, um dos muitos benefícios tem sido deixar de lado o egocentrismo e canalizar melhor as minhas emoções

article preview

Sinto-me afortunada por fazer parte dos formadores da organização Mãos Sem Fronteiras Internacional no meu País, ser voluntária tem trazido grandes benefícios na minha vida, um dos muitos benefícios tem sido deixar de lado o egocentrismo e canalizar melhor as minhas emoções

Isso me permitiu conhecer muitas pessoas de diferentes lugares e origens; sua mente se abre para novos pontos de vista que você não havia contemplado; você aprende a não se deixar guiar pela primeira impressão e a não julgar ninguém sem primeiro conhecê-los. Todos em algum momento de nossa vida precisam de ajuda.

A minha experiência como formadora com Mãos Sem Fronteiras Internacional foi um presente inesperado para a minha vida, dando-lhe assim um significado importante, pois não há espaço para tristezas, mas sim para alegria de viver.

Ao compartilhar os cursos de Estimulação Neural, vejo uma mudança em mim e nos outros; São férias, mudam o olhar de ver as pessoas e é uma honra poder sempre transmitir este conhecimento.

tramento

Anos atrás me passou pela cabeça que queria ser milionária para poder ajudar quem mais precisava e dentro do meu caminho neste Ensinamento meu sonho de ajudar as pessoas foi realizado, de uma forma que não esperava porque não fiquei milionária. Preciso da parte econômica, para poder alcançá-la era apenas aceitar e aproveitar a oportunidade de querer ajudar o outro, foi assim que comecei a desenvolver a compreensão de me conhecer e a empatia pelos outros.

Para tomar a decisão e o compromisso de ser Formadora e compartilhar este Ensinamento, é preciso ter coragem de romper preconceitos, virar as críticas e não tomar importância, deixar fluir os acontecimentos negativos aceitando-os para evoluir e relembrar os bons momentos e a nossa vida. Está cheio de abundância e bênçãos.

É um infinito, o que eu dou volta para mim.

Do meu ponto de vista, estas palavras "Ame o seu próximo como a si mesmo" se cumprem na prática de ajudar os outros.

Com esta prática se torna mais humano, pois você não só vê as pessoas, mas a luz que nelas habita e é gratificante saber que você faz parte da evolução humana, além do benefício da saúde física e mental.

Quanta saúde mental e felicidade haveria no mundo se houvesse mais mãos dispostas a dar daquela água viva que alimenta nosso ser.

Agradeço às pessoas que foram pacientes e me ajudaram neste caminho de ser formadora.

Meus infinitos agradecimentos a você querida Jardinera!


Claudia

Junte-se à nossa rede de escritores e comparta seu conhecimento em nossa plataformaContribuir
Escreva seus comentários